16 de outubro de 2017

Tentativa falhada de doar sangue


Passados os quatro meses necessários para uma nova doação de sangue, fui ao Hospital de São João para doar sangue. No entanto, e como já tinha acontecido antes, não consegui fazê-lo por não ter os níveis de hemoglobina exigidos para o efeito. Daqui a mais ou menos um mês, voltarei a tentar e espero dessa vez conseguir. Para quem não sabe, aqui estão as principais condições para se poder doar sangue. Alguém por aí é doador?

12 de outubro de 2017

Caraterísticas do Bullet Journal

Nota-se muito que ando viciada em Bullet Journal? ahahaha
Já é o segundo post que escrevo sobre este tema e talvez não seja o último! Desta vez, trago-vos algumas das caraterísticas do Bullet Journal e imagens que retratam isso mesmo.

- Podes usar um simples caderno, seja liso, pautado, quadriculado ou pontilhado;
- Escrever simplesmente numa cor ou usar canetas coloridas;



- O modo é livre, sem qualquer tipologia;
- Permite colocar a criatividade em ação, com desenhos, vários tipos de letra, usar washi tapes e autocolantes;


- É uma agenda, diário, caderno de desenhos tudo num só;
- Podes criar uma páginas anuais, mensais e semanais, indicando o que já tens planeado com antecedência;


- Para quem gosta de listas, podes criar várias páginas: aniversários, livros, séries/filmes, wishlist, ideias para o blogue, gastos do mês, etc;



- As páginas são diferentes umas das outras;
- Podes controlar os teus hábitos: ingestão de água, exercício físico, o sono, o humor, a leitura, etc.


10 de outubro de 2017

Boa música #18

Estou viciada nesta música!


Rag'n'Bone Man - Skin

7 de outubro de 2017

Bullet Journal


Tenho uma adoração especial por cadernos, apesar de nem sempre ter o que escrever neles. Não espero que um acabe para comprar outro, caso encontre algum que me encantou pela sua capa bonita. Consequência disso é que tenho alguns na minha coleção e nenhum deles está acabado, ou sequer, iniciado. O que estou a usar neste momento já está comigo talvez há um ano, e nem um terço dele  está escrito.

Já ouvi falar em Bullet Journal há imenso tempo e sempre foi algo que quis fazer, mas nunca prossegui com a ideia. Ate hoje! A intenção era começar apenas no próximo ano e ir pesquisando até lá. Tenho visto imensas fotos e vídeos, procurando o melhor material para usar para, no final de Dezembro, ter tudo a postos para começar. No entanto, decidi aproveitar o caderno que tenho usado, que até é jeitoso para isso, e comecei um rascunho daquilo que pretendo que seja. Assim, vou vendo que partes melhor se adaptam às minhas necessidades e vou praticando. 

Quem desse lado usa um bullet journal? Que conselhos têm para quem está a começar esta aventura?


5 de outubro de 2017

Coisas que quero tornar um hábito


Os hábitos fazem parte da vida das pessoas. Todos os dias fazemos algo, que acaba por se tornar rotina e que, tempos depois, se não o fizermos, até achamos estranho e ficamos com a sensação que nos falta alguma coisa.

Confesso que sou uma pessoa que tem alguma dificuldade em tornar algo num hábito. Inicialmente, fico muito entusiasmada em começar, mas acabo por não conseguir dar continuação, e desisto. No entanto, há algumas coisas que gostaria que fizessem parte da minha rotina diária e que me iriam ajudar bastante!

Beber água: todos sabemos dos benefícios de beber água diariamente. Para mim, a ingestão de água é um sacrifício, especialmente, nos dias mais frios. Apesar disso, é algo que tenho vindo a tentar incutir no meu dia-a-dia e quando chegar o Inverno, sempre tenho a opção dos chás.

Beber água com limão, em jejum: para mim, é um hábito mais fácil para incluir na minha rotina, apesar de muitas vezes acordar com fome e querer logo comer alguma coisa. Tal como a água, tens imensos benefícios para a saúde e o bem-estar. Ajuda a eliminar as toxinas do corpo, ajuda na digestão, mantém a pele limpa, estimula o sistema imunológico, entre outros.

Ler antes de dormir: a leitura faz parte da minha vida, como nunca antes fez. Por isso, uma das coisas que tenho tentado fazer é ler um pouco antes de ir dormir. Nem sempre o faço, porque me dá preguiça, mas é algo que quero fazer todos os dias, nem que sejam apenas 15 minutos.

Fazer exercício físico: o objetivo é fazer, pelo menos, três vezes por semana e, este hábito é o mais difícil, para mim. Como já disse antes, gostava de ser daquelas pessoas que se exercita por prazer e não apenas por necessidade, que tenha vontade de levantar o rabo do sofá e mexer-se. Ainda não atingi esse estado de sentir falta de ir ao ginásio e fazer exercício, mas quero acreditar que um dia vai ser assim.

E, desse lado, que situações fazem parte da vossa rotina?